Destaques, Novidades

A HISTÓRIA DO JEANS

março 10, 2015

10 em cada 10 closets, armários ou araras em todas as casas e lojas em todo o mundo, tem uma peça jeans. O jeans é,  com toda a certeza,  o material que mais ascendeu e durou na moda.

LEV

Sua história começou bem longe da moda, ele era a roupa dos mineiros na caça pelo ouro nos Estados Unidos, no século 19. Nessa época os trabalhadores precisavam de tecidos fortes e resistentes para a jornada dura que enfrentavam.

LEV2

Foi Levi Strauss quem percebeu essa necessidade e transformou a lona, que inicialmente seria vendida para cobrir carroças, em calças. As primeiras peças eram desconfortáveis, imaginem você vestido uma lona com toda sua dureza e a falta de movimento? Foi isso que levou Levi  a buscar outras matérias-primas para suprir essa necessidade. Foi nesse momento que ele encontrou então o denim, tecidos trazidos de Nimes, na França.

Esse tecido já era usado por marinheiros de Genova, na Itália, mas ainda não havia se popularizado. Nascia então, em 1853, a Levi Strauss & Co – mais tarde Levi se uniria a Jacob Davis, um alfaiate de Nevada, para criar roupas de trabalho reforçadas com rebites.

Não foi nesse momento que o jeans passou a ter a cara que tem hoje, ele ainda tinha status de uniforme de trabalho. Mas o criador da marca não descansou até tornar a peça mais atrativa, com o tom azul, a etiqueta de couro no cós e os botões de metal.

Os cawboys foram os primeiros a ser conquistados e os esforços de Levi começaram a ser recompensados á partir da  década de 30. Os filmes de faroeste levaram o jeans ás telonas, e o sucesso não parou mais. Na década de 40 era a vez do jeans ser usado pelos motoqueiros, foi então que os rebeldes aderiram à moda. já na década seguinte, James Dean, eternizou a combinação jeans + camiseta branca, um clássico, que hoje passeia nos guarda roupa tanto masculinos quanto femininos. Marlon Brando e Elvis Presley também foram usuários da peça, disseminando-a ainda mais entre os jovens, que foi o maior público do jeans por muitas décadas.

Seu ápice aconteceu nos anos 1970, quando a primeira calça jeans subiu à passarela de Calvin Klein. A marca também criou uma polêmica campanha com a jovem atriz Brooke Shields, e a partir daí passou a defender fortemente a bandeira do jeans como item autêntico, casual e indispensável do armário.

LEV3

 

O avanço tecnológico e o status social que o jeans alcançou, fez com que o jeans tomasse conta da moda. A peça, antes inimaginável em um desfile de moda, ganhou as passarelas e caiu no gosto de importantes personalidades – até apareceu na capa da Vogue America em 1988.

As modelagens foram evoluindo e se adaptando cada vez mais aos corpos e as tendências da vez. Hoje conhecemos uma infinidade de modelos: cintura alta, boca larga, boyfriend, skiny, assim como as várias lavagens que dão tonalides mil ao jeans.

LEV8

O jeans é versátil, uma peça curinga em qualquer armário.

A partir dessa revolução iniciada pela Calvin Klein, em 1979, nascia em Milão, uma marca que investiria essencialmente no material: a Diesel. A grife conquistou os jovens do mundo, devido à forte estratégia de exportação, e hoje é responsável pelo fornecimento de jeans para outras marcas, além de vender 30 milhões de peças por ano, com uma produção quase artesanal – o processo inclui lavagens a mão e água em temperatura controlada.

Iniciado com Levi e ganhando as passarelas e o gosto do mundo todo, o jeans hoje é usado desde acessórios, bolsas, sapatos até peças de roupas de todos os modelos.

LEV9

Usado em todo o look ou somente em detalhes, o jeans remete a jovialidade e casualidade,  e se quiser um visual ainda mais descolado, aposte nos jeans rasgados que vieram pra ficar.

Separei algumas sugestões do jeans em diversos looks, espero que gostem.

Bjo!!!

LEV10

 

LEV5

 

LEV6

Você também pode gostar dessas materias

Não existem comentários

Deixe um comentário

:
: